Buendía

Archive for PM|Yearly archive page

XIII

In Quando a cidade dorme on fevereiro 7, 2012 at 5:32 pm

um gato preto cruza
uma rua preta de um mundo
inexistente
um mundo preto
tal que não há
qualquer negativação ou superstição
sendo o gato um gato apenas
sem a luz que o ofenda
e o rebata em parede vizinha
de tamanho superior à sua figura

uma criança não chora com a
imagem do monstro no seu quarto

o gato não se arrepia
não se permite
não se fragmenta

é sua própria sombra
cruzando a madrugada